A compra de um imóvel representa uma conquista pessoal ou familiar muito importante. Seja o primeiro imóvel ou a compra de mais um bem, não há dúvida que é fundamental contarmos com um planejamento apropriado.

Qualquer planejamento exige disciplina, mas pode ser perfeitamente recompensado pela satisfação de conquistar um bem próprio para atender às suas necessidades de moradia ou da família.

Confira algumas dicas para ajudar neste processo de planejamento para comprar o seu imóvel.
• Finanças pessoais organizadas:
O primeiro passo para a compra de um imóvel, é ter as finanças pessoais organizadas. Para quem tem renda familiar é importante adotar uma planilha financeira e adaptá-la à realidade de cada família.
Comece por listar todas as despesas e todas as receitas, assim fica mais fácil selecionar àquelas despesas que podem ser cortadas. Certamente você ficará surpreso com valores pagos com despesas muitas vezes desnecessárias.
É muito importante envolver toda a família na conscientização de mudança de hábitos para um bem comum. Nesse ponto vale tudo no objetivo de reduzir custos com itens como: serviços de tv, telefonia, passeios e alimentação fora do lar.

• Estabeleça metas para economia:
Com a organização das finanças pessoais será possível saber o valor disponível para investir num imóvel. Com base neste valor passa-se para a segunda fase que é a definição pela compra do imóvel a curto, médio ou longo prazo.
Ou seja, é preciso avaliar se há saúde financeira para comprar um imóvel à vista ou financiado, pronto, em construção ou para construir. Mas o importante é que tendo as finanças organizadas você já pode poupar o valor estabelecido. Se você optar pela compra imediata e precisar de financiamento, saberá que este é o valor disponível para as parcelas, por exemplo.
Mas enquanto não realiza a compra, a economia já está sendo feita e o valor acumulado servirá como entrada ou para custeio da documentação.

• Procure a melhor forma de pagamento:
Evite dívidas incompatíveis com sua renda. Sempre a negociação à vista será mais favorável, mas caso não tenha este recurso, busque orientação para as melhores taxas de financiamento e assuma um negócio dentro da capacidade financeira da sua família.
Ainda no caso de financiamento, sempre que possível, aumente o valor da entrada, pois isso diminuirá consideravelmente o valor das prestações que são calculadas com base no montante do saldo devedor.
Os especialistas financeiros indicam que o valor da entrada deve ser de no mínimo 30% do imóvel. Caso não tenha acumulado esta quantia ainda, aguardar mais um tempo e continuar poupando pode ser melhor negócio.

• Raspando o cofrinho:
Caso se depare com um bom negócio, vale a pena raspar todo o cofrinho, como vender outra propriedade ou bem e contar com o recurso do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O uso deste recurso segue algumas regras específicas, mas vale a pena avaliar se você está apto a utilizá-lo.

• Pesquise diferentes imóveis:
Imóveis usados costumam ser mais baratos, porém os imóveis em construção são mais fáceis de pagar. O importante é que chegando na fase de busca do imóvel nenhuma opção seja descartada num primeiro momento.
Considere o estado do imóvel, mas também sua localização, conveniências e serviços próximos, valorização em caso de precisar alugar futuramente e também a existência ou não de taxas de condomínio ou impostos.

• Busque assessoria profissional para a compra do seu apartamento:
Conhecimento de todos os trâmites de uma negociação imobiliária, tendo os melhores imóveis em Toledo e uma equipe capacitada são diferenciais que só a Imobiliária Ativa pode oferecer.

Nossos vendedores são especialistas em oportunidades imobiliárias. A cada necessidade identificada uma solução será dada, pois a equipe Ativa é composta por quem mais entende de imóveis para venda ou locação.

Entre em contato com nossa equipe e confira as vantagens de contar com a melhor assessoria imobiliária de Toledo.

Imobiliária Ativa
Sinta-se em Casa!